Como estudar matemática para o Enem?

Blog
Reading Time: 3 minutes

Se você é aquele estudante que acha que não vai conseguir passar porque não sabe ou não gosta de matemática, saiba que é mais fácil do que você imagina! Com as técnicas certas, muita prática e com uma estratégia em mente, tenho certeza de que você irá arrasar na prova! Então, quer saber como estudar matemática para o Enem? Vamos lá!

 

Características da prova

 

Já falamos MUITO sobre as estratégias para se dar bem na TRI aqui no portal, mas agora vamos focar na matéria de matemática, ok? A prova de matemática na prova do Enem é composta por 45 questões de múltipla escolha divididas em três níveis: fácil, médio e difícil. O nível dessas questões serve para calcular sua nota através da TRI, o que facilita demais sua vida, medaholic! Ela é aplicada no segundo dia de Enem, juntamente com a prova de ciências da natureza.

 

Assim como todas as provas do Enem, matemática tem uma estratégia a ser seguida a fim de aumentar sua nota. Ela é a segunda prova que mais pontua, só perde para a redação, por isso é tão focada (e temida) pelos estudantes. Mas relaxa que vamos explicar tim-tim por tim-tim sobre as estratégias.

 

Assuntos que mais caem em matemática no Enem

 

Entrevistamos o professor de matemática Isaías Lima para que nos desse algumas dicas e nos contasse quais são os assuntos que mais caem na prova. Na live que fizemos com ele, ficamos sabendo que existem alguns assuntos que merecem destaque e atenção dobrada. O primeiro deles é, sem dúvida, matemática básica. Concorda que não tem como resolver uma questão de um assunto avançado se você não domina o básico?

 

Além disso, o professor afirma que mais de 20 questões da prova você consegue resolver apenas sabendo matemática básica. Aqui vai uma listinha do que você deve focar:

 

  • Razão e proporção
  • Regra de três
  • Porcentagem

 

Ficando craque nesse assuntos, tenho certeza de que você irá arrasar em boa parte da prova!

 

Mas não termina por aí! Você deve estudar bastante as famosas funções! O professor Isaías diz que as questões sobre função não são difíceis e que geralmente vêm como interpretação de um gráfico ou com um problema que você deve traduzir na linguagem de funções. Ele até nos deu a melhor ordem para você estudá-las: afim, quadrática, logarítmica, exponencial e trigonométrica. O professor explicou que é recomendável deixar as trigonométricas por último porque não são tão frequentes no Enem.

 

E lá vem eles, a análise combinatória, probabilidade e estatística! São tópicos que exigem um pouco mais de raciocínio, pois requerem muita interpretação, tanto do texto, como do assunto que você aprendeu. Dominando esses tópicos, você garante em torno de 5 questões!

 

Por último, mas não menos importante: geometria plana e espacial. Ela está presente em nada mais, nada menos do que 90% da prova! Portanto, para gabaritar geometria plana e espacial, faça muito exercício sobre:

 

  • Teorema de Pitágoras
  • Semelhança entre triângulos
  • Trigonometria do triângulo retângulo (seno, cosseno e tangente)
  • Áreas do triângulo (retângulo, triângulo, círculo) 
  • Volumes (prisma, pirâmide, esfera, cone, cilindro)

 

O que NÃO cai em matemática no Enem

 

Nem tudo o que o professor dá no ensino médio vai cair no Enem, sabia? Muitos assuntos têm pouca recorrência na prova e, por isso, merecem menos atenção e preocupação. São eles:

 

  • Função modular;
  • Determinante;
  • Binômio de Newton;
  • Polinômios;
  • Números complexos;
  • Sistema linear.

 

E aí, gostou do conteúdo? Tem alguma sugestão para nos dar? Comenta aí embaixo!

 

 

Confira outras coisas que podem te interessar:

 

Anota aí: vestibulares de medicina em abril

 

História do aprovado: medicina na Argentina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Ver Todas
Notícias

Neuralink e a medicina

Blog

Desistir não é uma opção

Notícias

Vestibular da Fuvest 2023 sofre mudanças pela USP

Quero saber tudo do mundo Med!