Conheça SISU e garanta sua vaga em uma escola médica

Blog
Reading Time: 3 minutes

Eita que ansiedade tá batendo forte para o mês de fevereiro né? E não é para o carnaval viu? Até porque com Influenza e a variante ômicron circulando, quem se arrisca aglomerar?

Eu estou falando do resultado da note de Corte do Sisu, enquanto não é divulgada, a melhores escolas médica resolveu fazer uma série para você estudante que está aí doidinho querendo entrar em uma faculdade de medicina, pelo Sisu.

Hoje vamos falar explicar o que é o Sisu, para quem não sabe se inteirar e para quem já conhece receber umas dicas a mais.

Vamos nessa?

Sendo redundante, vamos começar pelo começo:

o que é Sisu?

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) é um programa do Governo Federal gerenciado pelo Ministério da Educação. Ele permite que as instituições de Ensino Superior públicas federais, estaduais e institutos ofereçam vagas para todos os seus cursos de graduação aos candidatos que participaram da edição anterior do ENEM.

E como participar?

Pode fazer a inscrição no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), apenas o estudante que participou do último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), obteve nota na redação maior que zero e não tenha participado na condição de treineiro. O acesso ao sistema de inscrição do Sisu agora será realizado com Login Único do governo federal, mediante uma conta gov.br. Se você ainda não possui uma conta, corre para fazer, clica aqui.

Nós estamos falando do Sisu, mas o Enem surge aqui no texto toda hora né? E o que Enem tem a ver com Sisu?

O Sisu é ligado ao Enem. Ao se inscrever no ENEM, o candidato recebe um número de inscrição e uma senha. Esses dados também dão acesso ao sistema do SiSU e a nota que o candidato tirar no Enem será a nota utilizada para escolher o curso que ele quer no Sisu.

Certo, e agora? Tem Nota mínima, máxima para entrar? Como é que sabe esse paranauê?

Cada universidade define uma nota mínima necessária para o candidato ser selecionado para a vaga no curso que deseja e já adianto que a nota de Medicina é a maior viu.  E para complicar ainda mais , a nota de corte não é fixa. Durante o período de inscrições no SiSU, ela é atualizada diariamente e pode mudar de acordo com o número de vagas oferecidas, com o número de inscritos e com o seu desempenho. Eu sei, difícil né? e citando Wenderson Cobra, a vida do crente, no caso aqui, a vida do estudante não é fácil, não é o que? Não é fácil!

Por isso, não dá para prever se a nota obtida no Enem vai servir para a universidade escolhida e isso gera uma ansiedade muito grande para tirar a maior pontuação possível no Enem, já que a nota de corte dos cursos de Medicina, em algumas universidades chegam a mais de 900 e em outras é possível entrar com 700 pontos. Cada universidade pode adotar um peso diferente para as notas de cada grande área, de acordo com o curso. Para o curso de Medicina, por exemplo, a nota da prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias pode ter um peso maior do que as outras.

Calma que os poréns não acabaram:

Todas as universidades precisam dividir as vagas disponíveis e disponibilizá-las em ampla concorrência e políticas afirmativas, mais conhecidas como “sistemas de cotas”, que é uma política pública que visa garantir o acesso ao ensino superior a alguns grupos menos favorecidos por situações como raça, deficiência física ou desigualdade social.

Políticas afirmativas: Destinadas a pretos, pardos e indígenas. E algumas universidades também reservam vagas a quilombolas e pessoas com Deficiência (PcD). (Ei, cá para nós, justo, justíssimo né? não é texto de história, mas temos uma dívida enorme com esses grupos não é mesmo, vamos pensar com responsabilidade social)

Ampla concorrência: Destinadas a concorrência de modo geral.

Durante a inscrição, você deve optar por apenas uma das modalidades e se você escolher concorrer por ações afirmativas, vai precisar comprovar que se encaixa nos pré-requisitos.

Inscrições:

As inscrições para o Sisu são abertas duas vezes ao ano. Mas é preciso ficar atento ao prazo das inscrições e se cadastrar dentro do tempo disponível. E em relação ao prazo é só ficar ligado aqui no portal, ou em nossas redes sociais que avisamos viu?

Como se inscrever?

Acesso ao sistema, entre 00h do dia de abertura das inscrições e 23h59 do dia de encerramento; (aviso de amiga, o sistema sempre trava no início das inscrições então se não conseguir acessar não precisa se desesperar que depois volta ao normal)

Confirmação de dados – é necessário certificar que todos estão corretos e alterar os que estiverem errados;

Pesquisa de cursos – a pesquisa pode ser feita por cidade e por instituição de ensino;

Escolha de cursos – o estudante poderá escolher a primeira e a segunda opção, de acordo com o seu interesse. Também é possível conferir a quantidade de vagas disponíveis por ampla concorrência ou por ações afirmativas e as notas de corte;

Confirmação da inscrição.

E se você mudar de ideia sobre o curso ou universidade?

Fique tranquilo que existe a opção de alterar sim, mas somente dentro do período de inscrições. Depois que o prazo terminar, game over.

Ah! Por último, mas não menos importante, a esperança é a última que morre, o Sisu tem lista de espera viu? Sisu realiza duas chamadas. Se não foi aprovado em nenhuma delas, ainda tem essa chance de ser chamado depois.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Ver Todas
Blog

Faculdade de medicina: Como escolher a melhor para você?

Blog

Vestibular de Medicina: Inscrições abertas no Norte

Blog

Passei em medicina, como organizar o bolso?

Cadastre-se e garanta o melhor guia
para a sua aprovação em medicina