Tecnologia e Medicina: Inovações na saúde

Blog
Reading Time: 4 minutes

O mundo da medicina bebe diretamente da fonte das evoluções tecnológicas e de seu uso na área da saúde. Por isso, acima de tudo, é imprescindível que o aluno e o profissional de medicina estejam alinhados com as novas tendências e atualidades da medicina. Os estudos não acabam com o recebimento do diploma. Por que o casamento da Tecnologia e Medicina é tão bom?

 

Desde a graduação, o aluno de medicina pode entender melhor os benefícios da tecnologia quando ela faz parte do processo de aprendizagem durante a jornada acadêmica. Para isso, é necessária a escolha de boas instituições que sejam capazes de oferecer uma ótima estrutura e bons recursos para a máxima absorção e compreensão da presença de ferramentas tecnológicas na área médica.

 

Por exemplo:

 

A Unit – Universidade Tiradentes – é uma das instituições que oferecem laboratórios sofisticados que permitem que o aluno aprenda os conceitos em sincronia com os métodos atuais. 

 

Nesse vídeo você pode entender um pouco mais sobre a estrutura e o modelo do curso de medicina dessa instituição:

 

Se você se interessou então saiba que essa instituição está com vagas abertas para o vestibular de medicina Unificado para três polos:

Para se inscrever no vestibular de medicina é só clicar AQUI e conquistar o seu sonho de ser MED!

  • Medicina da Universidade Tiradentes (Unit Sergipe)
  • Centro Universitário Tiradentes (Unit Alagoas)
  • Faculdade Tiradentes de Jaboatão dos Guararapes (Fits Piedade)

 

Você pode conferir mais aqui

Unit: vestibular unificado de medicina

 

A mais modernas tecnologias

A cada dia que passa, aquelas tecnologias que antes pareciam ter saído dos mais famosos filmes de ficção científica estão mais perto da realidade. Isso graças às constantes pesquisas e inovações. Confira algumas dessas inovações.

 

Terapia Molecular

A terapia molecular é um dos grandes avanços médicos dos últimos anos. Também conhecida como Terapia Alvo, a Terapia Molecular se trata de medicamentos desenvolvidos para atacar diretamente as células cancerígenas. As substâncias são capazes de identificar e bloquear a multiplicação das células causadoras do câncer.

Existe um teste chamado de teste molecular. Esse teste analisa a adequação do organismo ao tratamento. No entanto, este teste não é necessário em alguns casos por serem sabidamente suscetíveis por apresentarem vias celulares alteradas que são prontamente reconhecidas por fármacos. Nesses casos, o teste não é necessário e o tratamento pode ser prescrito.

 

O que essa tecnologia em saúde ataca?

O alvo pode ser um gene com mutação, uma proteína que ocorre apenas em células cancerígenas, uma proteína que está alterada de forma anormal na célula ou mesmo uma proteína que ocorre em maior quantidade nas células cancerígenas do que nas células saudáveis. Qualquer um desses fatores constitui um meio apropriado para prescrever terapia direcionada.

 

Metaverso

Quando falamos em metaverso, já imaginamos avatares caminhando por lugares construídos no mundo digital e a pessoa experimentando todas essas sensações através de seu dispositivo de realidade virtual. Não está errado, mas não é só isso. Vai muito além. Afinal, o avanço tem sido constante.

 

De acordo com o criador da tecnologia, o conceito de metaverso pode ser definido como um novo formato de plataforma que serve para criação de aplicativos e ferramentas de interação social.

 

A princípio nada mais é do que um mundo alternativo baseado na realidade virtual, realidade mista e realidade aumentada, que os usuários podem acessar através de vários dispositivos e plataformas diferentes. Alguns especialistas juntamente com usuários da área, dizem que o metaverso é a internet se libertando dos objetos em nossas mãos e nossas mesas.

Os tipos de realidades aplicadas na saúde

  • Realidade aumentada
  • Realidade mista (metaverso)
  • Realidade virtual

 

Telemedicina

Você já deve ter ouvido falar da telemedicina pelo menos uma vez na sua vida. Mas você sabe realmente o que é? Vamos entender um pouco mais do que se trata essa vertente do atendimento médico.

 

O mundo está ficando cada vez mais digital. A gente consegue fazer a tecnologia facilitar as nossas vidas em vários setores, e é claro que a medicina se beneficia bastante disso.

 

A telemedicina é o atendimento médico feito de forma digital e online, desse modo a consulta pode ser feita a distância ao analisar dados e exames tornando tudo muito mais prático.

 

A telemedicina pode fazer uso de inteligências artificiais para auxiliar na coleta de dados do paciente para o atendimento. Cada instituição pode se adequar ao uso de dispositivos e inteligências que melhor se adaptem às necessidades da pessoa atendida.

 

De acordo com dados da Associação Brasileira de Empresas de Telemedicina e Saúde Digital, 91% dos casos atendidos foram solucionados, o que é uma taxa muito boa.

 

Robô Cirurgião

Esse aqui já é realidade! Se tratam de estruturas robóticas que ajudam médicos cirurgiões a realizarem cirurgias mais complexas de maneira mais segura, permitindo cortes muito mais precisos.

 

O robô cirurgião ainda demanda de um cirurgião para realizar cirurgias, porém fornece uma mobilidade bem maior. Por se tratar de uma tecnologia já presente nos hospitais a chance dessa tecnologia ganhar atualizações é bem maior.

 

Neuralink

O bilionário Elon Musk possui diversos projetos que garantem um bom avanço tecnológico, isso não dá pra negar. A Neuralink é mais um desses projetos, só que esse possui um objetivo um pouco mais “Ficção Científica”.  Imagine que um chip é implantado na sua cabeça e por causa disso você consegue interagir com todos os seus dispositivos tecnológicos. Bem Black Mirror, né? Resumindo de forma grosseira, essa é a Neuralink.

 

Neuralink?

O bilionário Elon Musk possui diversos projetos que garantem um bom avanço tecnológico, isso não dá pra negar. A Neuralink é mais um desses projetos, só que esse possui um objetivo um pouco mais “Ficção Científica”.  Imagine que um chip é implantado na sua cabeça e por causa disso você consegue interagir com todos os seus dispositivos tecnológicos. Bem Black Mirror, né? Resumindo de forma grosseira, essa é a Neuralink.

O produto é voltado para pessoas com deficiência ,como a paralisia, por exemplo. Essa tecnologia pode criar conexões entre o cérebro e uma prótese de modo que o indivíduo consiga compensar a deficiência por meio da tecnologia. 

O produto é voltado para pessoas com deficiência ,como a paralisia, por exemplo. Essa tecnologia pode criar conexões entre o cérebro e uma prótese de modo que o indivíduo consiga compensar a deficiência por meio da tecnologia.

 

Conseguiu entender mais sobre a Tecnologia e Medicina? Confira mais conteudos no nosso Blog

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Ver Todas
Blog

Faculdade de medicina: Como escolher a melhor para você?

Blog

Vestibular de Medicina: Inscrições abertas no Norte

Blog

Passei em medicina, como organizar o bolso?

Cadastre-se e garanta o melhor guia
para a sua aprovação em medicina