Que tal falarmos de Financiamento Estudantil?

Financiamento
Reading Time: 4 minutes

Muitas vezes, o curso dos sonhos e o tamanho do bolso são coisas que não combinam, mas isso não quer dizer que você vai deixar de fazer faculdade por causa disso.Não entendeu? A gente te explica.

Existem várias maneiras de ingressar em uma Instituição de Ensino Superior (IES) que vão deixar o seu bolso aliviado. Podemos começar com as Iniciativas Públicas!

 

PROUNI

O Programa Universidade para Todos é uma iniciativa do Governo Federal que oferece bolsas de estudo de 50% e 100% do curso. Para ter direito às bolsas de estudos integral, o candidato deve comprovar situação financeira e seguir os requisitos.

Para conseguir 50% de bolsa no curso, o candidato deve ter renda familiar bruta mensal de até 3 salários mínimos por pessoa. Já para ter direito à bolsa de estudo integral, o candidato deve comprovar renda familiar bruta de até 1,5 salário por pessoa.

O programa abre duas vezes ao ano, ou seja, o dobro de chance para conquistar sua tão sonhada vaguinha.

Confira as nossas matérias sobre o Prouni.

FIES

Com um novo visual, o Fundo de Financiamento Estudantil é uma outra forma de ingresso em IES privadas. Para ter direito de adesão ao benefício, o candidato deve ter feito o Enem a partir de 2010 e ter nota superior a 450 e não ter zerado a redação, além de possuir renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até 3 (três) salários mínimos. Uma coisa que mudou em comparação ao antigo FIES, foi a cobrança de juros: desta vez, ela é nula. Ele também conta com uma escala de financiamento que varia de acordo com a renda familiar do candidato. Mas, lembre-se: o candidato ou o grupo familiar deverá comprovar renda familiar mensal bruta, por pessoa, igual ou superior a um salário mínimo. Caso contrário, o candidato não poderá se inscrever para o processo seletivo do FIES.

Confira a Lista das faculdades para fazer o seu curso de Medicina pelo Fies.

 

E claro… Existem iniciativas privadas para financiar a tão sonhada vaga em uma IES.

 

Financiamento da própria Instituição

Algumas instituições apresentam o próprio modelo de financiamento estudantil. Antes de tudo, converse com a sua instituição para saber se ela oferece esse serviço de maneira vantajosa para você.

 

Financiamento Estudantil por Bancos

Por outro lado, existem as iniciativas privadas, ou seja, instituições privadas que te ajudam a pagar as mensalidades caso você negocie com elas. Como exemplo, podemos citar 3 bancos que oferecem esse tipo de financiamento: o Santander, o Bradesco e o Banrisul.

 

Santander

O Financiamento Graduação Saúde é o financiamento oferecido pelo banco Santander que tem enfoque em cursos da área da saúde, a citar: Medicina, Farmácia, Enfermagem, Odontologia, Zootecnia, Veterinária, Biomedicina, Fisioterapia, Fonoaudiologia e Nutrição.

Uma das vantagens desse financiamento é que funciona por período letivo, ou seja, se sua faculdade é por semestre, eles financiam também por semestre; caso seja por ano, o financiamento se dá por ano, tendo a renovação ao final de cada período. Então, se você for um aluno de qualquer universidade reconhecida pelo MEC e já pagou, pelo menos, a 4ª mensalidade do curso, esse financiamento é para você!

 

Falando de valores, o valor mínimo de financiamento é de R$ 7.000, enquanto o máximo é de R$ 180.000! Além disso, o programa conta com uma taxa de juros de 1,39% a.m. para o curso de medicina e 1,79% a.m. para os demais cursos. Bem acessível, não? Ah, o pagamento do período letivo é feito à vista para a faculdade e o aluno ou responsável financeiro pagará parcelado ao banco através de débito em sua conta.

 

A contratação do financiamento também é muito fácil: você só precisa ir para alguma agência Santander e solicitar o financiamento, após ter preenchido um formulário de solicitação que você encontra no site. Não se esqueça de levar alguns documentos essenciais, que são: declaração de IR (imposto de renda), últimos 3 holerites (contracheques), RG ou CPF e comprovante de residência do contratante e do avalista.

 

Bradesco

O Crédito Universitário Bradesco é o auxílio aos estudantes de ensino superior que o banco Bradesco oferta. Ele conta com financiamento de até 100% do valor do semestre e está disponível para estudantes de faculdades que possuem convênio com o banco, ou seja, não depende do curso que você está fazendo, e, sim, da faculdade em que está matriculado. 

Além disso, você pode contratar o financiamento sempre que um novo período do seu curso iniciar, por exemplo: caso você contrate em janeiro para pagar o primeiro semestre, você pode pagar a primeira parcela em fevereiro e quitar a última no primeiro mês do ano seguinte, ou seja, você tem 12 meses para pagar.

 

Para usufruir desse serviço, você deve simular o financiamento no site. Lá, eles disponibilizam uma lista enorme de todas as universidades conveniadas com o banco. Feito isso, basta ir até uma agência Bradesco com uma declaração de aptidão emitida pela própria instituição. Mais uma coisa! Você também pode financiar o pagamento da matrícula, desde que ela pertença ao semestre que será financiado.

A parte que todos estavam esperando… Valores! O financiamento do Bradesco oferece um valor máximo de R$ 500.000, com juros de 1,49% a.m. Ao fazer a simulação, o site lhe dá os valores do 1º financiamento. Para saber o valor dos demais, você deverá realizar o processo em sua agência.

 

Banrisul

O Crédito Universitário Banrisul é oferecido para estudantes de universidades conveniadas ao banco do estado do Rio Grande do Sul. Ele também permite financiar a matrícula e até 100% do valor da semestralidade. Além disso, não há valor mínimo ou máximo para a operação e o prazo de pagamento também é de 12 meses (exceto para o curso de Medicina da UCPEL, cujas operações são de até 24 meses). 

Lá no site da Banrisulw, você pode selecionar a universidade em que você estuda e simular o financiamento, facilitando seu planejamento financeiro. A cobrança se dá por meio de débito na conta corrente do usuário e as parcelas não se acumulam. Falando de valores totais, o aluno tem até o dobro do tempo para pagar, ou seja, se ele financiar 100% de um curso com grade curricular de 4 anos, terá até 8 anos para pagamento do financiamento.

Você pode saber mais sobre isso tudo lá no nosso E-book sobre Financiamento Estudantil.

 

O que você achou das nossas dicas sobre ? Conta pra a gente 😉

 

Veja também

Ver Todas
Matérias

Pipoca e controle na mão que vai começar o MEDFLIX

Notícias

Faculdade Pitágoras de Medicina oferta bolsas de estudo pela nota Enem

Notícias

UnirG divulga vestibular de medicina para 2022

Quer o MEM na palma da mão?