O que acontece se passar de 30 linhas na redação do Enem?

MEM Responde
Reading Time: 2 minutes

A redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma das partes mais importantes da prova em todos os cursos, incluindo Medicina. Ela possui critérios bem específicos de correção e, neste post, o MEM responde te explica o que acontece se passar de 30 linhas na redação do Enem. Fique ligado, medaholic!

Quase 96 mil estudantes zeraram a redação do Enem na edição de 2021, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Enem). O principal motivo que levou os alunos a terem a prova zerada foi redações em branco, representando 43.391 casos. Em seguida, fuga ao tema, em 28.408 casos. Os demais foram: cópia do texto motivador (7.551), texto insuficiente (6.215), não atendimento ao tipo textual (4.865), parte desconectada (2.818), e outros motivos (2.540).

A ausência da nota da redação impossibilita a participação em processos seletivos como o Prouni e o Fies. Algumas Escolas Médicas particulares também estabelecem esse como um dos critérios para desclassificação do candidato. Portanto, é fundamental entender o formato correto do texto que deve ser escrito no formato argumentativo-dissertativo. 

Se um dos objetivos da redação é conhecer o nível linguístico do candidato, e ele não produz, não pode obter nota. Já o candidato que apresentar um texto com menos de sete linhas também terá sua redação anulada, pois não cumpriu o mínimo de linhas exigidas.

Mas, e o que acontece se passar de 30 linhas na redação do Enem? 

Para produzir uma redação dissertativa-argumentativa, você deve seguir uma estrutura dividida em 3 partes: introdução, desenvolvimento e conclusão.

Você deve escrever o seu texto em no máximo 30 linhas e no mínimo 8, para não ser eliminado. Porém, é praticamente impossível passar por todas as etapas do texto dissertativo-argumentativo com uma redação tão pequena!

Isso significa que você não chega a ter a nota zerada se você passar de 30 linhas na redação do Enem. Uma dica importante para você conseguir uma boa nota, segundo especialistas, é fazer um texto acima de 20 linhas.

Agora, é bom ficar ligado porque como mostramos no começo, um dos motivos frequentes para zerar a redação é parte desconectada do tema proposto. Para ir bem na redação do Enem, é importante que o seu texto tenha organização e raciocínio lógico. E isso nem sempre significa escrever muito. 

Veja uma sugestão de como você pode distribuir o seu texto no espaço que tem:

introdução: 1 parágrafo com cerca de 6 linhas;
desenvolvimento: 2 parágrafos com cerca de 7 linhas cada;
conclusão: 1 parágrafo com cerca de 6 linhas.

Conseguiu entender o que acontece se passar de 30 linhas na redação do Enem? Confira abaixo algumas dicas essenciais para escrever um bom texto. 

  • Mantenha o hábito da leitura e da escrita sempre;
  • Conheça as novas regras gramaticais;
  • Preste muita atenção à grafia, pontuação, parágrafos e concordâncias;
  • Procure ser criativo e espontâneo. Evite copiar o estilo de texto de outra pessoa. 
  • Não utilize palavras de baixo calão, palavrões e gírias;
  • Mantenha distância da linguagem coloquial, informal;
  • Exercite a sua opinião e faça críticas próprias;
  • Tenha muita atenção à relação lógica das ideias (coerência);
  • Nunca se afaste do tema e do tipo de texto propostos;
  • Faça um rascunho para evitar rasuras;
  • Cuidado com as repetições de palavras e ideias. Elas podem deixar seu texto cansativo e comprometer a objetividade
  • Nunca utilize palavras ou expressões que não conheça seu significado;
  • Clareza nas ideias demonstra domínio de conteúdo e concisão no texto, capacidade de síntese.

Dicas anotadas? Continue acompanhando o Melhores Escolas Médicas para decolar na sua jornada rumo à graduação em Medicina. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Ver Todas
MEM Responde

Qual o valor do curso de Medicina em Goiás?

Blog

História do Aprovado: Universidade Federal de Sergipe – Campus Lagarto

Blog

Saúde Mental e Estudos: como não se cobrar demais

Quer o MEM na palma da mão?