Quais as metodologias ativas de ensino?

MEM Responde
Reading Time: 2 minutes

A Faculdade de Medicina reúne um dos mais extensos arcabouços de conhecimentos entre as graduações. Além de ser uma área que possui múltiplas vertentes, ela também está em constante atualização. Por isso, quando chegar a sua hora de cursar uma Escola Médica, é bom conhecer quais as metodologias ativas de ensino e como elas são aplicadas durante a formação.

As metodologias ativas são estratégias de ensino que visam incentivar os estudantes a aprenderem de forma autônoma, participativa e integrada, por meio de casos concretos, realizando tarefas que os estimulem a pensar além, a terem iniciativa, a debaterem, tornando-se responsáveis pela construção de conhecimento.

Se antes o método tradicional, do professor, detentor de todo conhecimento, transmitindo aos alunos o ensino, era suficiente, hoje já não é mais. Nestes modelos de ensino, o professor torna-se um gestor nos processos de ensino e aprendizagem, permitindo aos alunos o protagonismo de seu aprendizado.

Separamos alguns modelos de metodologias ativas de ensino utilizadas em Escolas Médicas; confira:

  • Aprendizagem Baseada em Problema é um método de ensino, no qual os alunos resolvem, de forma colaborativa, situações problema para a construção de novos conhecimentos.
  • Aprendizagem Baseada em Projetos os estudantes são desafiados a resolver um problema, por meio de etapas metodológicas, visando a obtenção de um produto pedagógico.
  • Aprendizagem Baseada em Times os alunos são reunidos em pequenos grupos de aprendizagem, em um mesmo espaço físico, para resolverem desafios lançados antes, durante ou após as aulas.

As Diretrizes Curriculares Nacionais de Medicina, recomendam um formação generalista, humanista, crítica e reflexiva. Isso significa que a trajetória acadêmica deve trazer uma experiência imersiva da medicina pautada em princípios éticos, cidadania e na promoção da saúde integral. Mas como a metodologia de ensino pode fazer a diferença nesse professor formador?

Independente do tipo de metodologia (ativa ou tradicional), a trajetória acadêmica tem que ser rica em experiências teóricas e práticas. As metodologias se complementam para que a formação do estudante de medicina seja adequada através de uma articulação entre o ensino, a pesquisa e a extensão/assistência.

É importante que você conheça a metodologia de ensino da Universidade que você quer estudar, para aproveitar bastante todas as experiências dessa incrível jornada rumo a medicina!

Se liga, medaholic! Embora não seja uma relação direta, a aplicação de metodologias ativas podem impactar positivamente o seu desempenho em provas como a do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Isso porque, esses métodos fazem com que você desenvolva habilidades essenciais para o exame, como autonomia e visão crítica.

Essas são as metodologias de ensino de medicina mais utilizadas pelo Brasil. Esperamos que tenha gostado e que esse conteúdo ajude você a decidir qual a escola médica ideal para você. Gostou do conteúdo? Confira o Instagram da Melhores Escolas Médicas e compartilhe com seus amigos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Ver Todas
Blog

Faculdade de medicina: Como escolher a melhor para você?

Blog

Vestibular de Medicina: Inscrições abertas no Norte

Blog

Passei em medicina, como organizar o bolso?

Cadastre-se e garanta o melhor guia
para a sua aprovação em medicina