Sisu 2021: MEM divulga ranking das melhores escolas médicas

Notícias
Reading Time: 3 minutes

O Ministério da Educação abrirá inscrições para o processo seletivo 2021 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), entre os próximos dias 6 e 9 de abril. Para auxiliar os candidatos ao curso de Medicina na escolha de onde querem estudar, o portal Melhores Escolas Médicas (MEM), plataforma de conteúdo e pesquisas para a área, publicou um ranking das instituições mais bem conceituadas que participam do Sisu.

Segundo o fundador do portal, Lucas do Vale, o ranking foi construído a partir do Conceito Enade Contínuo, principal instrumento utilizado pelo MEC para classificar a qualidade do ensino superior no Brasil.  “Além de avaliar a nota de corte e o número de vagas, é importante que estudante possa escolher a melhor escola médica antes de utilizar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio para participar do Sisu. Aquele aluno que estudou mais e obteve a melhor nota no Enem, possivelmente terá esse poder de escolha e nós trazemos este argumento para ajudá-lo”, diz Lucas.

O conceito Enade é expresso em valores contínuos e em faixas que variam de 1 a 5. “Assim, o candidato consegue saber que, entre instituições de nota 4, por exemplo, a que obteve Enade Contínuo 3,9643 é melhor do que a que obteve 3,6918”, explica o fundador do portal Melhores Escolas Médicas.

O ranking produzido pelo MEM lista 63 instituições de ensino superior públicas inscritas no Sisu 2021. As três instituições melhor avaliadas estão no estado de Minas Gerais. Quatro escolas médicas do Nordeste aparecem entre as dez melhores do país. O ranking não inclui instituições das redes estaduais e municipais que optam por não participar da prova do Enade, a exemplo da Universidade de São Paulo (USP).

Outras instituições

O Enade avalia o desempenho dos estudantes ao final do curso, em relação aos conteúdos previstos nas diretrizes curriculares da graduação. As graduações de uma determinada área são reavaliadas a cada três anos. No caso da Medicina, a última avaliação aconteceu em 2019, portanto, algumas instituições de ensino superior que ofertam vagas pelo Sisu ainda não participaram do Enade. O MEM também disponibiliza a relação dessas escolas médicas.

“As instituições que não participaram do Enade 2019, certamente não ofertavam o curso à época, ou se ofertavam este curso ainda não era reconhecido e não possuía estudantes concluintes. Neste caso, os alunos matriculados em tais cursos, farão a prova Enade no próximo ciclo avaliativo.”, explica Lucas do Vale.

Clique aqui para acessar o ranking das melhores escolas médicas inscritas no Sisu, de acordo com o Enade Contínuo, e aqui para conferir a relação das instituições que não entraram no critério ou ainda não participaram do Enade.

Como se inscrever no Sisu

Por meio do Sistema de Seleção Unificada, instituições públicas de educação superior oferecem vagas a serem disputadas por candidatos inscritos no processo seletivo. Os candidatos são selecionados para as opções de cursos indicadas no ato de inscrição, de acordo com a melhor classificação de nota obtida na edição mais recente do Enem.

O Sisu 2021 é voltado exclusivamente para estudantes que fizeram o Enem em 2020, não participaram na condição de treineiros, nem zeraram a prova de redação. As inscrições deverão ser feitas no site sisu.mec.gov.br, entre 6 e 9 de abril. O resultado da chamada única será divulgado no próximo dia 13, de acordo com informações do MEC.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Ver Todas
MEM Responde

Como cursar e quanto custa Medicina na Argentina?

SISU 2022

SISU 2023: quantas vagas para medicina?

Notícias

Sisu 2023: mais de 226 mil vagas disponíveis para consulta

Cadastre-se e garanta o melhor guia
para a sua aprovação em medicina