Como passar em Medicina: saiba como gravar os conteúdos!

Blog
Reading Time: 3 minutes

Como passar em Medicina? Para quem está em preparação para um processo seletivo de Medicina bem sabe da quantidade de assunto para estudar. Tudo é importante, nenhum conteúdo pode ser negligenciado porque na hora da prova pode fazer uma enorme diferença. 

Nessa jornada de preparação, algumas ferramentas de estudos e dicas para passar em Medicina podem ajudar na fixação do conteúdo, mas nem tudo se encaixa nelas. O importante é fixar os assuntos e estar bem mentalmente na hora da prova para que o nervosismo e a ansiedade não causem os tão temidos “brancos”.

Vamos te dar algumas dicas preciosas para fixar o conteúdo e garantir que o aprendizado seja bem feito. Lembrando que os estudos têm que ter momentos de pausa fundamentais para restaurar a concentração.

Algumas técnicas que pode te ajudar a passar em medicina: 

  • Gravar o conteúdo para escutar depois;
  • Faça resumos sobre o que entendeu;
  • Pratique sempre;
  • Ensine a um amigo;
  • Experimente o método Pomodoro.

Continue lendo o nosso post e saiba como gravar os conteúdos para os vestibulares de medicina e sair do “decoreba”.

Gravar o conteúdo para escutar depois

Há momentos em que só a leitura não é suficiente, principalmente, quando o assunto tem muitas datas e detalhes que são importantes. Uma dica bacana é ler esse conteúdo em voz alta, gravar no celular mesmo e ouvir no momento de revisar o que estudou. A memória auditiva é bastante rica e pode ser uma boa aliada no processo de aprendizagem. 

Se você tiver uma criatividade ainda mais aguçada pode criar músicas, histórias, trovas, enfim, tudo que possa ser usado para facilitar a memorização.  Esse conteúdo, inclusive, pode ser compartilhado com os amigos para dinamizar a aprendizagem e tornar a experiência mais interativa. 

Faça resumos sobre o que entendeu 

Faça resumos e fichamentos sobre o que você entendeu só depois de encerrar a leitura. Isso é importante para ajudar na memorização do conteúdo. Não adianta fazer o resumo enquanto estuda porque você vai acabar copiando o que está lendo e não vai exercitar a memória.

Portanto, o correto é fazer essa atividade quando completar a leitura e as tarefas. Os resumos e fichamentos são ótimos para relembrar o que é importante e facilita a localização de determinado assunto. A organização de rotina desses resumos deve ser rigorosa para que possa achar o conteúdo com facilidade. 

Pratique sempre 

Qualquer processo de preparação que envolve estudo precisa ser praticado constantemente. Por isso, estabelecer uma rotina de estudos para Medicina é fundamental para ter sucesso nas provas. O cérebro é estimulado com a prática. Você pode diversificar as formas de aprendizagem utilizando a tecnologia a seu favor.

Nunca deixe de lado a resolução de questões e simulados que podem te ajudar a medir o nível de preparação. Participe de grupos de estudo, clube de livros, podcasts, enfim, tudo que agregue bons conteúdos.

Ensine a um amigo

Revisar, relembrar e reter. Os três verbos que explicam a vantagem de transmitir a alguém o conteúdo recém estudado. A melhor forma de saber se você realmente aprendeu um conteúdo é ensinando alguém. A prática do ensino mostra que você domina aquele assunto. Que tal ensinar a um amigo o que você está estudando?

Se você não gosta de falar em público, pode inventar uma audiência. Improvise uma lousa com papel branco colado na parede onde poderia grifar os conceitos previamente escritos nas folhas. Faça esse treinamento como se estivesse apresentando um trabalho ou uma palestra sobre o tema.

Experimente o método Pomodoro

Existem diversas metodologias de ensino que fazem diferença nos estudos para Medicina? A Pomodoro é uma delas. Afinal, o que é o método pomodoro de estudo?

Lembra pizza com molho de tomate, não é? Pomodoro em italiano significa “tomate”, mas o processo nada tem a ver com recompensas ou receitas. É uma técnica de gestão de tempo, desenvolvida no final dos anos 1980.

O criador desta técnica é o italiano Francesco Cirillo, que resolveu chamá-la assim, após usar um timer de cozinha no formato do fruto para gerenciar seu tempo. A base dessa a técnica pomodoro é dividir o trabalho em blocos, dedicando um período específico para cada atividade, seguido de uma pausa rápida. Dessa forma, você consegue se manter totalmente focado durante o prazo proposto e executar ainda melhor suas funções.

Após intensas pesquisas, Francesco concluiu que 25 minutos são o ideal para cada bloco, também chamados de “pomodoros”. E, passado esse ciclo, você deve fazer uma pausa de cinco minutos. Ao final de quatro pomodoros, dê um descanso maior para o seu cérebro: trinta minutos.

Veja mais dicas de como passar em medicina:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Ver Todas
MEM Responde

Qual o valor do curso de Medicina em Goiás?

Blog

História do Aprovado: Universidade Federal de Sergipe – Campus Lagarto

Blog

Saúde Mental e Estudos: como não se cobrar demais

Quer o MEM na palma da mão?