Formas de fixar os estudos de forma prática!

Blog
Reading Time: 2 minutes

Você já parou para pensar no óbvio? De que os estudos sempre são a nossa maior cobrança desde pequenos? Assim que você entra no jardim de infância até a sua formação acadêmica. Essa é na maioria das vezes a única e principal responsabilidade que temos na vida. Mas também já parou para pensar que ninguém nunca te ensinou a estudar e nem a fixar os estudos?

Em meio a tudo isso e com o passar do tempo, chega um momento em que parece que o volume do que tem que ser aprendido, só aumenta e aí vem a grande problemática:

Como fixar todo esse conhecimento que nos é ofertado?

Bate aquela frustração e muitas adversidades que chegam junto com esse dilema.

Pensando nisso, vamos mostrar alguns métodos de fixar os estudos e conhecimento através de técnicas utilizadas por Peter Brown, Henry Roediger e Mark McDaniel no livro “Fixe o Conhecimento: a ciência da aprendizagem bem-sucedida”

De início é bastante importante perceber que o primeiro passo é muito mais mental, você precisa ter a compreensão da sua aprendizagem e saber que não dá para esperar um caminho fácil, simples e divertido.

As três principais estratégias de estudos retratadas e comprovadas cientificamente são:

  • Recuperação ativa
  • Repetição espaçada
  • Prática intercalada

Recuperação ativa

Por que a recuperação ativa está em primeiro lugar da lista? Ela se caracteriza como o método de estudo inicial, fazendo você participar ativamente da técnica e manter seu cérebro ativo por todo esse tempo, sempre fazendo testes, exercícios e praticando o que foi aprendido. Por exemplo:

Quando assistir uma vídeo aula ou ler algum material, faça uma pausa e se pergunte o que daquilo ali é novo para você ou quais as palavras-chave definem aquele tema nos seus estudos.

Repetição espaçada

A repetição espaçada vai te ajudar a espaçar a prática de recuperação de informações de acordo com os seus acertos.

Ou seja, a cada recuperação ativa, aumente um pouco mais do tempo, para que suas ideias tenham mais tempo de fluir. Caso erros nas recuperações sejam mais frequentes, o aconselhado é: não mude o tempo de espaçamento entre uma repetição e outra.

Prática intercalada

Para completar o ciclo de fixação de aprendizagem, a prática intercalada, te conduz a intercalar o estudo de diferentes tipos de problemas, até porque mudar de atividade enquanto estuda, também é descansar.  O cérebro nunca desliga, então você precisa de estratégias para relaxamento do sua massa cinzenta, enquanto realiza outra atividade relacionada a estudos.

Lembre sempre que a sua inteligência é produto tanto dos seus genes, quanto do uso que você faz do seu cérebro, mantendo sempre uma mentalidade de crescimento e resolução de problemas.

Você também pode gostar de:

Pagina: Como estudar… 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Ver Todas
MEM Responde

Como cursar e quanto custa Medicina na Argentina?

SISU 2022

SISU 2023: quantas vagas para medicina?

Notícias

Sisu 2023: mais de 226 mil vagas disponíveis para consulta

Cadastre-se e garanta o melhor guia
para a sua aprovação em medicina