Nota de corte de medicina: quanto preciso para concorrer?

Blog
Reading Time: 3 minutes

O curso de Medicina tem a maior nota de corte na maioria das IES do Brasil e está entre um dos mais concorridos do país. 

 

Pela estabilidade no mercado de trabalho e o amor pela carreira, existe um público cada vez maior de estudantes que sonha com uma vaga em universidades públicas e privadas. 

 

Hoje, é possível ingressar através da nota do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem ou vestibulares tradicionais.

 

Por outro lado, o curso de Medicina em universidades particulares costuma ter altas mensalidades, mas há financiamentos estudantis (públicos e privados) e bolsas de estudo que dão acesso a essa graduação mesmo para quem não pode pagar. 

 

Mas, entrar no curso não é tarefa fácil e precisa de uma pontuação ou de uma nota de corte relativamente alta. 

 

Não entende como isso funciona? Saiba os detalhes agora. 

 

O que você vai ler neste artigo:

O que é nota de corte?

A nota de corte é igual para todas as Universidades?

Avaliação do Prouni/FIES.

Como funciona no Sisu.

Nota de corte no vestibular tradicional.

Atingir a nota de corte é garantia de ingresso no curso?

 

O que é nota de corte?

Certamente você já ouviu falar que a nota de corte no curso de Medicina é muito alta. Na verdade, a nota de corte é uma pontuação mínima que o candidato deve ter para entrar em determinada vaga em concurso e é muito aplicada em vestibulares. 

 

Esta é uma nota variável e depende da concorrência: quanto mais concorrido for o curso, maior a nota de corte

 

A nota de corte é igual para todas as Universidades?

Não! A nota de corte pode variar de curso e de Universidade. Isso se explica pela oferta de vagas e a procura.

 

Logo, cada Universidade, pública ou privada, tem autonomia no processo seletivo e nas regras desse processo.

 

No caso do curso de Medicina, a nota de corte é sempre alta e pode variar a cada vestibular porque o desempenho dos candidatos nem sempre é igual. 

 

Portanto, não se pode confiar muito que determinada nota deve permanecer no vestibular seguinte. O importante é estudar para ficar além dessa margem e evitar surpresas desagradáveis. 

 

Avaliação do Prouni/FIES

Para começar, Prouni e Fies são diferentes. Enquanto o Prouni é uma bolsa de estudos concedida pelo Governo Federal para que estudantes de baixa renda possam fazer a graduação em uma Universidade Privada, o FIES é um financiamento estudantil, também do Governo Federal, para o mesmo fim.

 

Quando você se forma, precisa pagar o Fies! 

 

No Prouni, as bolsas podem ser parciais ou integrais. Nas duas modalidades, o candidato tem que fazer pelo menos 450 pontos na média das provas do Enem e não zerar a redação.

 

Como o ingresso em Medicina em universidade públicas tem uma enorme concorrência, muitos candidatos tentam cursar em universidades particulares através do Prouni ou Fies. 

 

Nesses casos, além das exigências socioeconômicas dos programas, há notas de corte específicas, dependendo da IES escolhida. Nas edições mais recentes, a menor nota em medicina para passar pelo Prouni ficou em torno de 701 e a maior em 811. Já no Fies a menor nota de corte ficou em 702 e a maior em torno de 786. 

 

Como funciona no Sisu?

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um programa do Governo Federal para o ingresso em instituições de ensino superior públicas federais, estaduais e institutos. 

 

As vagas são ofertadas a partir da pontuação do Enem como mecanismo de classificação. Para quem concorre ao curso de Medicina pelo Sisu tem que se dedicar muito aos estudos. 

 

Vale lembrar que, a nota de corte mínima, com base nas edições mais recentes, ficou em 760 e a maior em quase 900! Portanto, quanto mais preparado você estiver, mais chance de conseguir sua tão sonhada vaga. A nota de corte varia a cada edição do Enem. Fique atento às mudanças, ok!?

 

Nota de corte no vestibular tradicional

O vestibular elaborado por cada IES ainda é um dos meios mais tradicionais de ingresso no curso de Medicina.

 

Geralmente, os vestibulares tradicionais são classificatórios e fica com a vaga quem obtiver maior pontuação e a nota de corte é uma referência. 

 

Além disso, é importante você procurar a Universidade que quer cursar e entender direitinho o processo de ingresso à instituição. Algumas utilizam o desempenho no Enem como uma espécie de “bônus”, ou seja, há a possibilidade de receber pontos extras. Mas isso varia bastante. 

 

Atingir a nota de corte é garantia de ingresso no curso?

Não! A nota de corte é algo que vai fazer parte das suas estratégias para entrar no curso de Medicina.

 

A grande dica é se dedicar ao máximo aos estudos e não se acomodar muito em ficar na margem da nota. Como dissemos, ela pode variar a cada processo seletivo. 

 

Saiba a nota de corte para Medicina no Nordeste

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Ver Todas
MEM Responde

Qual o valor do curso de Medicina em Goiás?

Blog

História do Aprovado: Universidade Federal de Sergipe – Campus Lagarto

Blog

Saúde Mental e Estudos: como não se cobrar demais

Quer o MEM na palma da mão?