Onde estudar medicina no Rio de Janeiro?

Blog
Reading Time: 3 minutes

O Rio de Janeiro é repleto de beleza e disso todo mundo já sabe. Mas o Estado que possui uma das maravilhas do mundo também tem várias escolas médicas para encantar os olhos daqueles que têm a medicina como meta de vida. No texto de hoje vamos conferir algumas instituições de medicina no Rio de Janeiro. Preparado?

Confira o texto todo→

 

UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) foi criada em 1920. A Universidade reúne a sétima escola de Engenharia mais antiga do mundo e a primeira das Américas, a Escola Politécnica, criada em 1792,a Faculdade Nacional de Medicina, criada em 1808, e a Faculdade Nacional de Direito, criada em 1891.

A Faculdade de Medicina da UFRJ é composta pelos cursos de medicina, fisioterapia, fonoaudiologia e terapia ocupacional. O curso de medicina está presente em dois campus: na sede e na cidade de Macaé, que fica a cerca de 160km da capital.Para ingressar no curso de medicina é mediante a realização da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e inscrição no SISU, sua nota de corte difere nos campus, no RJ é 822.46, e em Macaé, 808.94.

 

Diferenciais

Biblioteca: a biblioteca da UFRJ faz parte do Sistema de Bibliotecas e Informação (SiBI), que conta, ao todo, com 45 unidades. Pelo portal os estudantes podem ter acesso ao acervo remoto e biblioteca digital.

Hospitais conveniados: Os estudantes, além de participarem da prática nas unidades de serviço da rede de do Município do Rio de Janeiro, prestam atendimento nos hospitais:

  • Hospital Universitário Clementino Fraga Filho
  • Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira
  • Instituto de Ginecologia
  • Instituto de Psiquiatria
  • Maternidade Escola

 

UFF – Universidade Federal Fluminense

Originalmente batizada de Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UFERJ), a Universidade Federal Fluminense (UFF) foi criada em 1960, devido a junção das Escolas Federais de Farmácia, Odontologia e Direito (1912), Medicina (1926) e Medicina Veterinária (1936); agregou outras cinco, das quais três eram estaduais, a saber: Enfermagem (1944), Serviço Social (1945), Engenharia (1952), e outras duas, particulares, Ciências Econômicas (1942) e Filosofia (1947).

 

O curso de medicina da UFF dispõe de 180 vagas anuais. O ingresso no curso é por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), com a nota de corte de 794.86. A metodologia de ensino é tradicional, dividida em básico, clínico e internato, dois anos para cada. A UFF fica a 18km de distância da capital carioca.

 

Diferenciais

  • Biblioteca: as bibliotecas da UFF estão vinculadas à Superintendência de Documentação.
  • Suas 30 unidades estão distribuídas pela cidade de Niterói e em outros sete municípios do Estado do Rio de Janeiro.
  • Hospitais conveniados: o internato obrigatório do curso é realizado no Hospital Universitário Antônio Pedro (HUAP).
  • Avaliação do MEC: o curso de medicina da UFF, na última edição do Enade (índice que mede a relação entre conteúdo e aprendizado dos estudantes), alcançou a nota máxima (5).

 

Universidade de Vassouras

O curso de medicina da Universidade de Vassouras teve início em 1969 e é nota 4 no MEC. A Instituição de Ensino Superior possui um dos melhores cursos de medicina do Rio de Janeiro. Além disso, o curso de medicina ainda conta com Hospital Universitário, Ambulatório Escola e Laboratório de Habilidades e Simulação que estão disponíveis para o aluno desde o primeiro período. A UniVassouras também possui projetos sociais.O Projeto Ipiranga permite que os alunos prestem cuidados às pessoas do bairro Ipiranga, Itakamosi e Massambará, na periferia do município de Vassouras.

O curso de medicina foi fundamental na construção final da Universidade de Vassouras. A inserção da Faculdade de Medicina à Fundação Universitária Sul Fluminense (FUSF), ocorreu em 1967, e foi o “embrião” da Universidade de Medicina de Vassouras que conhecemos atualmente.

A Escola de Medicina da Universidade de Vassouras adota em suas práticas pedagógicas uma metodologia mista, na qual predominam metodologias ativas, valorizadoras da problematização e voltadas para a formação de profissionais atuantes, críticos e conscientes de seu tempo e lugar… além disso a instituição adota um currículo integrado, que ao viabilizar o ensino em distintos cenários, fomenta a construção de conhecimento científico e o desenvolvimento de habilidades essenciais à prática profissional do futuro médico. Sendo assim, os alunos conseguem ter conhecimentos e vivências de situações diferenciadas e cotidianas do processo de trabalho das equipes multiprofissionais, contribuindo desta forma para a valorização do compartilhamento de saberes.

 

O que fazer no Rio de Janeiro?

Conhecida como cidade maravilhosa, é impossível não destacar as belas praias e os famosos pontos turísticos, como o Cristo Redentor e o Pão-de-Açúcar. O berço da bossa nova combina o urbano com a natureza de forma espetacular, emoldurando a cidade. A vida noturna também não fica para trás no Rio de Janeiro, há bares e baladas que prometem diversão a quem se aventura. 

 

E aí? Gostou desse conteúdo? Tem muito mais matérias no nosso portal. Então veja nossos outros posts.

Acompanhe nossos conteúdos no Telegram e no Youtube

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Ver Todas
MEM Responde

Como cursar e quanto custa Medicina na Argentina?

SISU 2022

SISU 2023: quantas vagas para medicina?

Notícias

Sisu 2023: mais de 226 mil vagas disponíveis para consulta

Cadastre-se e garanta o melhor guia
para a sua aprovação em medicina