Aplicativo para quem tem Esclerose Múltipla? Entenda

Notícias
Reading Time: 2 minutes

Pra resumir bastante… a esclerose múltipla é uma doença que afeta o sistema imunológico, fazendo com que ele ataque o tecido protetor do sistema nervoso. Esse ataque pode causar várias complicações, como: perda da visão, dor, fadiga e comprometimento da coordenação motora. (Isso tudo tá no google).

Para você entender mais, eu vou deixar um vídeo explicando um pouco

 

 

Mas e o aplicativo?

Uma empresa de biotecnologia focada na neurociência lançou um aplicativo no Brasil para quem convive com esclerose múltipla. O aplicativo chamado “Cleo” funciona como um espaço de cuidado para quem convive com EM. É possível receber as notificações de consultas e ainda gerar relatórios para serem compartilhados com médicos.

 

“O Cleo foi pensado para otimizar a rotina de quem tem EM, tornando-se um grande aliado quando o assunto é cuidado e bem-estar. É um espaço para acompanhar a si mesmo: registrar a rotina, o humor e os sintomas a fim de melhorar a qualidade de vida. Sabemos que com a correria do dia a dia essa prática nem sempre é possível”, explica Tatiana Branco, diretora médica da Biogen Brasil.

Fonte:MEDICINA/SA

O aplicativo está disponível nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França, Espanha, Itália e Portugal, e chega agora ao Brasil para dispositivos IOS e Android.

Existem vários outros apps voltados para a saúde… Confira esse por exemplo:

Healtech lança app inédito para prevenção de doenças cardíacas→

Biogen

Na Biogen, nossa missão é clara: somos pioneiros em neurociência.

Desde a nossa fundação, em 1978, por Charles Weissman, Heinz Schaller, Kenneth Murray e os vencedores do Prêmio Nobel Walter Gilbert e Phillip Sharp, a Biogen tem conduzido pesquisas científicas inovadoras para doenças neurológicas graves. A empresa segue sendo uma das mais antigas e independentes companhias do ramo da biotecnologia.

 

Milhões de pessoas em todo o mundo são afetadas pela Esclerose Múltipla, doença de Alzheimer, doença de Parkinson e Esclerose Lateral Amiotrófica. Muitas pessoas também sofrem de doenças não tão comuns, como a Atrofia Muscular Espinhal e a Paralisia Supranuclear Progressiva.

Acreditamos que nenhum outro campo de pesquisa tenha tantas necessidades ou seja tão promissor em avanços médicos quanto a neurociência.

(Texto da Biogen)

 

Fonte:MEDICINA/SA

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Ver Todas
Blog

Faculdade de medicina: Como escolher a melhor para você?

Blog

Vestibular de Medicina: Inscrições abertas no Norte

Blog

Passei em medicina, como organizar o bolso?

Cadastre-se e garanta o melhor guia
para a sua aprovação em medicina