Como funciona o vestibular de medicina?

Blog
Reading Time: 3 minutes

Que o curso de medicina é um dos mais concorridos hoje em dia, todo mundo sabe. Mas você sabe o que e como estudar para estar na competição por uma vaga no vestibular de medicina? Hoje vamos falar um pouco sobre alguns dos assuntos relacionados às formas de ingresso para a faculdade médica. 

Com mais de 355 escolas médicas no Brasil, é fácil imaginar que existem diversas formas de realizar o sonho de estudar medicina. Uma das maneiras mais conhecidas é por meio da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Por ser uma prova bastante completa, a sua nota é aceita em diversas faculdades públicas e particulares. 

É com a nota do Enem que o aluno pode se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (SISU) para faculdades públicas e federais. Quando se trata de instituições particulares, o Programa Universidade Para Todos (ProUni) entra em ação. De acordo com as exigências do programa, pelo menos 10% de todas as vagas precisam ser destinadas aos alunos que ingressam pelo ProUni.

Além disso, existe o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), que permite ao estudante financiar a sua entrada em uma universidade com condições especiais. Nesse sentido, cada instituição de ensino superior pode usar a nota do Enem ou realizar suas próprias provas. 

Confira o depoimento de quem já está lá: “Estar com o paciente é o nosso equilíbrio, é ali que lembramos o por quê de fazer medicina. E ter isso de cara desde o primeiro período sempre foi um diferencial para mim.”, afirma Ingrid Oliveira, egressa do curso de medicina da Universidade de Vassouras. 

Conheça o curso de Medicina em Vassouras.

 

O que cai no vestibular de Medicina?

 

Quando se fala em cursar medicina, existem algumas matérias que têm um peso maior que as outras. Estas são as Ciências da Natureza e a Redação. Ou seja, os quatro pilares das provas do ENEM compreendem química, física, biologia e a tão temida redação. 

Na química, os assuntos que costumam ter uma atenção especial são eletroquímica, estequiometria, funções inorgânicas e química orgânica. Já na física, as noções de dinâmica devem estar sempre frescas na memória junto a ondulatória e sistema internacional de unidades e suas conversões.

Na biologia, vale reforçar o estudo de fisiologia, citologia e histologia, muito importantes para uma boa compreensão do corpo humano e do funcionamento dos organismos. A bioquímica também é indispensável para ingressar na faculdade de medicina e para toda a vida profissional.

Na redação, é preciso ter atenção redobrada já que ela vale 20% da pontuação geral. Foco! Além de demandar bastante conhecimento teórico, a prova requer habilidades para passar a mensagem desejada de forma prática, clara e persuasiva. 

Vou deixar aqui algumas dicas para alcançar a redação nota 1000:

  • Mantenha o hábito da leitura e da escrita sempre;
  • Conheça as novas regras gramaticais;
  • Preste muita atenção à grafia, pontuação, parágrafos e concordâncias;
  • Procure ser criativo e espontâneo;
  • Mantenha distância da linguagem coloquial, informal;
  • Exercite a sua opinião e faça críticas próprias;
  • Tenha muita atenção à relação lógica das ideias (coerência);
  • Nunca se afaste do tema e do tipo de texto propostos;
  • Clareza nas ideias demonstra domínio de conteúdo e concisão no texto, capacidade de síntese.

 

Confira as principais diferenças na redação do Enem para vestibulares particulares

 

Como estudar para o vestibular de medicina?

 

Agora que você decidiu que quer mesmo se tornar um futuro médico, vou te mostrar alguns passos para estudar com eficiência. 

É super importante pesquisar sobre as faculdades, entender a sua realidade e abraçar as possibilidades. Vou poder me mudar caso seja aprovado no vestibular de outro estado? Consigo custear toda a formação ou vou precisar de financiamento? Bolsas são uma opção para mim? Quais?

A família também é muito importante nesse processo. Converse com a sua e explique o seu ponto, no que a faculdade de medicina impactaria e o que os seus familiares precisam fazer para te auxiliar nessa jornada. 

Depois, entenda quais são suas dificuldades e facilidades dentro das matérias exigidas, sempre se atentando para aquelas que têm um peso maior. Defina metas, encontre métodos de estudo que melhor se adequem ao seu perfil e trace uma rotina que inclua exercícios físicos e uma alimentação balanceada.

Em seguida, é hora de separar as provas antigas dos vestibulares do seu interesse e começar a se testar. Entenda os seus pontos fracos e fortes, sempre reforçando as matérias nas quais você não está indo tão bem. 

 

Quanto vai me custar a faculdade de medicina?

Achou que eu ia deixar esse assunto de fora? Claro que dinheiro também é um fator muito importante na hora de escolher a instituição na qual você vai passar os próximos seis anos. 

Pensando nisso, reunimos as mensalidades de todas as escolas médicas brasileiras para você comparar e ver qual delas se encaixa melhor nos seus requisitos.

Ver os valores das mensalidades de Medicina no Brasil!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Ver Todas
MEM Responde

Como cursar e quanto custa Medicina na Argentina?

SISU 2022

SISU 2023: quantas vagas para medicina?

Notícias

Sisu 2023: mais de 226 mil vagas disponíveis para consulta

Cadastre-se e garanta o melhor guia
para a sua aprovação em medicina