Estudar para medicina: como ser produtivo? Confira!

Matérias
Reading Time: 5 minutes

Estudar para medicina precisa ser produtivo e, por vezes, nos deparamos com dias e situações que diminuem a nossa produtividade e impactam negativamente nas metas que precisam ser alcançadas em relação a atividades e revisões.

 

Sem que haja um hábito e organização, dificilmente nosso cérebro está habituado a entender que é preciso se esforçar para tal atividade. Assim como diversas atividades, sejam elas físicas ou mentais, devem ser levadas em prática diária, a fim de criar-se um hábito.

 

Logo, ser produtivo também é resultado da soma de algumas ações que possibilitam e propiciam que o objetivo maior seja alcançado. Acompanhe neste post 5 dicas fáceis e infalíveis para aumentar a produtividade nos estudos!

Rotina de estudos

Apesar de não nos soar agradável por passar a ideia de ser algo mecânico, repetitivo e cansativo, a rotina de estudos não precisa ser algo desagradável. Se o seu objetivo é construir o hábito positivo de estudar de forma ordenada, em determinado período de tempo, organizar o seu itinerário de estudos é algo primordial e pode fazer toda diferença no final!

studying short circuit GIF

Isso porque quando feita de maneira constante e sequenciada, cria-se a ideia de hábito no nosso cérebro, o que o condiciona a se preparar e estar mais receptivo à ideia. Estudar esporadicamente, em horários diferentes e com métodos diferentes pode ser um grande desafio, visto que nosso corpo não consegue interpretar essa ação como algo relevante e necessário.

 

Como praticar exercícios ou beber mais quantidades de água durante o dia, estudar deve ser um hábito tão saudável e disciplinado quanto esses dois exemplos.

Veja também:

5 dicas para aumentar a produtividade

Ser produtivo é algo simples, que exige apenas dedicação para ser seguido à risca e da forma mais adequada possível de acordo com sua necessidade e disponibilidade. Para te ajudar com esse objetivo, veja agora 5 dicas para aumentar sua produtividade e alimentar a construção desse hábito tão saudável que é criar a rotina de estudos. Então sente-se confortavelmente, pegue seu bloquinho de notas, uma caneta e não perca nenhuma das dicas abaixo!

animation comics GIF

1 – Organização e escolha do ambiente

Para começar, o primeiro passo é organizar o que está à sua volta. Escolha um cômodo que esteja de preferência vazio para que outras pessoas não possam te atrapalhar. Se isso não for possível, pelo menos deixe todos cientes que nesse momento você estará estudando para que todos entendam que você não estará disponível e quer privacidade.

 

Em seguida, organize o ambiente. Estudar em um lugar bagunçado muitas vezes pode gerar interferências visual. Deixe ao seu alcance caneta, papel, livros, uma garrafa d’água, e o que for necessário, mas evite encher a mesa com muitos elementos. O ideal é deixar apenas o necessário, de forma ordenada, de forma que não se torne uma poluição visual. 

 

Depois que o ambiente está pronto, é hora de partir para questões mais voltadas para o conteúdo!

2 – Faça um cronograma de estudos

Para essa atividade específica, organização é quesito essencial e indispensável. Estudar de maneira aleatória é possível, mas não é o método que trará melhores resultados. Sendo assim, separe o que precisa ser visto nesse dia e semana, elencando o que é prioridade, o que está com pendências, e o que deve ser revisado.

 

Depois de separar e hierarquizar os assuntos você pode separar um tempo para cada ação, assim você entende que deve fazer aquela tarefa em um determinado tempo, evitando focar sua energia apenas em um conteúdo. Quando necessário isso pode ser feito, se você julgar que é o melhor para o seu rendimento.

 

No entanto, o ideal é que você consiga escolher pelo menos 2 assuntos diferentes por dia, até para que seu cérebro seja exposto a estímulos/assuntos diferentes, mantendo-o alerta e ativo. 

3 – Entenda qual método funciona melhor para você

Depois de organizado, você deve buscar entender ao longo do seu estudo qual método funciona melhor para sua produtividade. Técnicas como o pomodoro ou criação de mapas mentais podem ser muito úteis para alguns, enquanto para outros a melhor forma é revisar fazendo tópicos e falando o assunto em voz alta.

 

Independente da abordagem e da forma como é feito, o mais relevante é encontrar o que melhor te torna produtivo e facilita a assimilação do que está sendo visto. Escolher um ou dois métodos é a chave para aumentar a produtividade, já que você já sabe qual método vai garantir um melhor resultado sem muita dificuldade.

4 – Evite distrações

Na hora dos estudos, o maior inimigo do aluno é a procrastinação. Às vezes, ao menor evento, a atenção é perdida e retomar o foco pode ser um grande desafio. Seja o celular chegando, notificações ou o áudio de uma TV perto, a procrastinação é só uma forma que o cérebro procura para evitar fazer aquela atividade que demanda muito da sua energia.

 

Busque eliminar tudo que possa se tornar uma distração fácil para você. Se possível, desative as notificações do celular e coloque o fone de ouvido (se isso também não se tornar uma distração para você). Lembre-se: foco é essencial!

5 – Dê pausas e respiros 

Fazendo todos os passos anteriores, você consegue obter ótimos resultados, mas assim como é importante dedicar horas ininterruptas para o estudo, também é preciso lembrar de descansar a mente! O cérebro precisa de respiros para não ficar fadiga e começar a fazer o oposto do que se pretende: diminuir a produtividade. Assim saiba também respeitar seu tempo e seus limites!

Chegou a sua vez de ser produtivo!

Com dedicação e seguindo as 5 dicas de ouro que citamos neste post você conseguirá organizar sua vida estudantil e melhorar seus resultados. Lembre-se sempre que ser produtivo é a construção de um hábito, mas também precisa de ações que possibilitem e otimizem a sua existência.

Happy Zooey Deschanel GIF by New Girl

Sabendo disso, entenda o que melhor proporciona isso para você, entenda as melhores formas e métodos e tenha sempre em mente o seu maior objetivo: conseguir assimilar os estudos e alcançar bons resultados, seja para Medicina ou para qualquer outra graduação.

 

Se você é vestibulando em Medicina, temos uma seleção de conteúdos para te ajudar a aumentar ainda mais sua produtividade. Passa no nosso site!

Quer o MEM na palma da mão?