Guia completo do Sisu e de como estudar Medicina de graça

Matérias
Reading Time: 4 minutes

Se o título deste texto chamou a sua atenção, o conteúdo dele vai te manter preso até o final. E não é sensacionalismo ou apelação, estudar de graça é realmente possível desde o surgimento das universidade públicas no país e, principalmente, da criação do Prouni em 2004 que passou a promover a obtenção de bolsas para faculdades particulares; e do Sisu, surgido em 2010 utilizando as notas do Enem para que os alunos conseguissem bolsas de estudo em universidades públicas brasileiras. 

 

Mas hoje o papo é sobre sobre o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), porque o Prouni já passou e o início das inscrições do Sisu para o segundo semestre já está próximo. Quem não quer ter a chance de cursar a graduação mais cara do país sem pagar nenhum golpinho por isso, não é mesmo? Vem que eu te explico o que é o Sisu e como você pode participar.

 

O que é o SiSU?

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) é um programa do Governo Federal gerenciado pelo Ministério da Educação. Ele permite que as instituições de Ensino Superior públicas federais, estaduais e institutos ofereçam vagas para todos os seus cursos de graduação aos candidatos que participaram da edição anterior do ENEM.

 

Mas o que tem a ver com o Enem? 

O que tem a ver é que um é ligado ao outro. Aliás, o Sisu é ligado ao Enem. 

Como?

 

Ao se inscrever no ENEM, o candidato recebe um número de inscrição e uma senha. Esses dados também dão acesso ao sistema do SiSU e a nota que o candidato tirar no Enem será a nota utilizada para escolher o curso que ele quer no Sisu. 

 

Tem nota mínima para entrar?

De graça nem injeção na testa e tenho certeza que se você não conhece esse ditado, seus pais conhecem. 

 

Cada universidade define uma nota mínima necessária para o candidato ser selecionado para a vaga no curso que deseja e já adianto que a nota de Medicina é a maior viu. (triste)

 

E para complicar ainda mais a vida do jovem estudante brasileiro, a nota de corte não é fixa. Durante o período de inscrições no SiSU, ela é atualizada diariamente e pode mudar de acordo com o número de vagas oferecidas, com o número de inscritos e com o seu desempenho. 

 

Por isso, não dá para prever se a nota obtida no Enem vai servir para a universidade escolhida e isso gera uma ansiedade muito grande para tirar a maior pontuação possível no Enem, já que a nota de corte dos cursos de Medicina em algumas universidades chegam a mais de 900 e em outras é possível entrar com 700 pontos.

 

E ainda tem mais…

Cada universidade pode adotar um peso diferente para as notas de cada grande área, de acordo com o curso. Para o curso de Medicina, por exemplo, a nota da prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias pode ter um peso maior do que as outras. 

 

Ah, e ainda tem o tipo de concorrência

What? 

Todas as universidades precisam dividir as vagas disponíveis e disponibilizá-las em ampla concorrência e políticas afirmativas, mais conhecidas como “sistemas de cotas”, que é uma política pública que visa garantir o acesso ao ensino superior a alguns grupos menos favorecidos por situações como raça, deficiência física ou desigualdade social. 

 

Tipos

  1. Políticas afirmativas: Destinadas a pretos, pardos e indígenas. E algumas universidades também reservam vagas a quilombolas e pessoas com Deficiência (PcD).
  2. Ampla concorrência: Destinadas a concorrência de modo geral. 

 

                                                                  

Durante a inscrição, você deve optar por apenas uma das modalidades e se você escolher concorrer por ações afirmativas, vai precisar comprovar que se encaixa nos pré-requisitos.

Não vai tentar dar o golpe que além de ser desclassificado e perder a vaga, também existe a possibilidade de responder juridicamente por isso. 

 

Inscrições

As inscrições para o Sisu são abertas duas vezes ao ano. O ditado de que o raio não cai duas vezes no mesmo lugar não se aplica aqui. Não passou no começo do ano? Tenta de novo depois!

Mas é preciso ficar atento ao prazo das inscrições e se cadastrar dentro do tempo disponível. Mas quanto ao prazo, é só acompanhar a gente que nós te avisamos tudinho. 

Inclusive, as inscrições para o segundo semestre deste ano de 2021 começam amanhã, dia 03 de agosto. 

Viu? ainda avisamos com antecedência. 😉

 

Como se inscrever?

    1. Acesso ao sistema – http://sisu.mec.gov.br/, entre 00h do dia de abertura das inscrições e 23h59 do dia de encerramento; (aviso de amiga, o sistema sempre trava no início das inscrições então se não conseguir acessar não precisa se desesperar que depois volta ao normal)
    2. Confirmação de dados – é necessário certificar que todos estão corretos e alterar os que estiverem errados;
    3. Pesquisa de cursos – a pesquisa pode ser feita por cidade e por instituição de ensino;
    4. Escolha de cursos – o estudante poderá escolher a primeira e a segunda opção, de acordo com o seu interesse. Também é possível conferir a quantidade de vagas disponíveis por ampla concorrência ou por ações afirmativas e as notas de corte;
  • Confirmação da inscrição.

 

E se eu mudar de ideia sobre o curso ou universidade?

Se você for um serumaninhos indeciso, pode ficar tranquilo que existe a opção de alterar sim, mas somente dentro do período de inscrições. Depois que o prazo terminar, já era bb. 

 

Lista de Espera

O Sisu realiza duas chamadas. Se não foi aprovado em nenhuma delas, ainda tem essa chance de ser chamado depois. 

 

Resumindo

  1. Você tem duas chances no ano de conseguir uma vaga na universidade pelo Sisu 
  2. Além disso, você também pode concorrer pelo sistemas de cotas
  3. E se não for selecionado nas duas chamadas, ainda tem mais uma chance com a lista de espera

 

Achou que o título era sensacionalista, né. Mas me conte aí, com tanta chance assim de conseguir estudar Medicina DE GRAÇA, você ainda acha impossível tentar? 

 

Vamos trazer algumas informações importantes dos três estados da região sul que tem o segundo menor número de vagas para o curso de Medicina do Brasil, atrás apenas da região norte.

Veja também

Ver Todas
Notícias

Claretiano abre processo seletivo para medicina em 2022

Notícias

FAMERP abre vagas para medicina em 2022

Notícias

Universidade de Gurupi abre inscrições para medicina em 2022

Quer o MEM na palma da mão?