Como estudar para o Enem e conseguir uma vaga em Medicina

MEM Responde
Reading Time: 3 minutes

O Exame Nacional do Ensino Médio é, atualmente, uma das principais formas de ingresso para as Escolas Médicas de todo país. Por ser uma prova aplicada pelo Ministério da Educação, possui uma abrangência bastante ampla, principalmente na rede pública, mas também em Instituições de Ensino privadas. Segue a leitura que eu vou te ensinar como estudar para o Enem com foco na sua aprovação, medaholic.

Quem deseja ter um bom desempenho no Enem, além de acertar grande parte das questões objetivas, deve escrever uma redação impecável. Ainda neste post, eu vou trazer algumas dicas bem específicas sobre essa produção textual, tá? 

Para Medicina, a nota de corte para as universidades costuma ser em torno de 800, isso significa que é importante acertar cerca de 70% das questões. O Enem ainda utiliza o TRI, que é um sistema que dá mais pontos às perguntas que foram menos acertadas e que não foram conquistadas por chute.

Hora de estudar para o Enem

Ponto de partida: trace sua estratégia, e mantenha-se fiel a ela. Nada de ficar “atirando para todos os lados”, fazendo várias estratégias ao mesmo tempo, isso só vai te atrapalhar.

Outro ponto importante, testar a estratégia por uma semana não é suficiente. Você precisa seguir por mais tempo, precisa fazer dela sua rotina, por exemplo: você quer perder peso, mas quer que isso aconteça na primeira vez que você fez atividade física? Não vai rolar, né gente? Constância na estratégia de estudos!!!!

Mimo: Organização de estudos: Sobrevivendo ao Multiverso Med

Estudar respondendo provas antigas, é uma das melhores maneiras de aprendizado que o aluno pode ter.

Estudar por questões é de grande valia, lembrando que se você ainda está “cru”, não tem domínio nos assuntos de base, provavelmente você não terá um bom desempenho.

E resolver questões te dá uma base dos conteúdos que você sabe, e dos que você não sabe e precisa melhorar. Além disso, você familiarizar-se com a prova, entende como resolver as questões da prova do Enem.

Não adianta só focar na teoria, se você não colocar em prática o que você estudou.

Outro ponto importante em estudar usando provas antigas do Enem, é que você adquire habilidade leitora.

De nada vai adiantar você saber o conteúdo se você não dominar a habilidade leitora, e o que é isso?

É o domínio da linguagem da prova que você quer fazer, aqui no caso, é a prova do Enem, se você consegue entender o que o enunciado da questão quer, otimize seu tempo naquela questão e sua chance de acerto é bem maior.

Entenda o tripé da aprovação

  • Mindset é a maneira como você vai configurar sua mente, você precisa cuidar da sua cabeça, o mindset vai te ajudar muito nesse processo. Você ainda tem 6 meses para o Enem, você tem tempo para estudar, basta confiar em você no seu planejamento. 
  • Cronograma de estudos é uma ferramenta de planejamento que auxilia o estudante na organização do tempo disponível para os estudos.
  • Como entender a TRI– o aluno precisa entender que a prova do Enem, é uma prova de concurso, bem diferente da metodologia de prova do ensino médio. Traçar sua estratégia para entender a TRI vai fazer toda a diferença. 

Foque no Top 5

O que é isso? são os cinco assuntos mais recorrentes de todas as disciplinas que são cobradas no Enem, porque a verdade seja dita, não vai dar tempo de estudar tudo, mesmo se você tiver mais tempo, não tem como dominar todo conteúdo, é muita coisa. São conteúdos de nível básico, intermediário e difícil, ou seja, todo conteúdo que você viu na sua vida escolar, impossível né gente?! Então trabalhar com qualidade, e o que é possível, é o caminho.

Confira os próximos vestibulares de medicina no Brasil

E como esse top 5 vai te ajudar? Segundo Camila Ferreira, professora e especialista em TRI, se você focar nesses assuntos mais recorrentes, você garante pelo menos 35 acertos de cada disciplina, com a TRI máxima e bem aplicada, sabe quantos pontos você consegue fazer? 799!!!! um notão, e você consegue entrar em medicina.

Percebe como ter uma estratégia é importante para sua aprovação? não dá para confiar apenas na sorte. 

Onde usar a sua nota do Enem

A nota obtida no Enem serve, principalmente, para ingressar em uma universidade pública, conseguir bolsas em uma Instituição de Ensino Superior (IES) privada ou procurar um financiamento estudantil.

A primeira opção se trata do SISU (Sistema de Seleção Unificada). Universidades de todo o país ofertam vagas por esse sistema, permitindo estudar em qualquer lugar, por meio da pontuação conquistada no Enem.

Já as bolsas em uma IES podem ser conquistadas tanto pelo ProUni quanto pelas ofertas das universidades. Para saber se o local que você deseja estudar tem um programa que utiliza a nota do Enem para oferecer descontos nas mensalidades, é necessário fazer uma pesquisa e ler os editais disponíveis no site da instituição.

Um dos financiamentos estudantis mais conhecidos é o Fies. Trata-se de um programa do MEC (Ministério da Educação) que oferece apoio aos estudantes de IES privadas com juros baixos ou até zerados. A pontuação obtida no Enem também é usada no processo de seleção.

Quer mais dicas e conteúdos para te ajudar a estudar para o Enem? Se inscreva no canal do Melhores Escolas Médica no youtube. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Ver Todas
Notícias

Reprodução assistida no Brasil: CFM publica atualização

Notícias

Internato em medicina: É a melhor fase do curso?

Blog

Estratégias para escrever uma boa redação no Enem

Cadastre-se e garanta o melhor guia
para a sua aprovação em medicina