Saiba como criar um cronograma de estudos ideal

Blog
Reading Time: 2 minutes

Como criar um cronograma de estudos?

A corrida para entrar em uma escola médica já começou e com essa maratona, várias dúvidas, questionamentos, principalmente de como se organizar, do que fazer, de como estudar, e como criar um cronograma de estudos.

Sabemos que essa jornada pode ser solitária, mas calma, a melhores escolas médicas está aqui para segurar na sua mãe durante esse percurso, além de te dar dicas, seremos seu companheiro de jornada.

Vamos ao que interessa, como criar um cronograma de estudos? Primeiro o estudante precisa entender que cronograma é diferente de plano de estudos.

Plano de estudo está relacionado com a organização da rotina do aluno. Qual momento que assiste aula, o que estuda o que primeiro, que horas vai fazer atividade física, quantas horas de sono. Pegou a visão?

Agora vamos ao cronograma de estudos, é aquilo que o aluno vai estudar.

Por exemplo: vc tem um horário de matemática, o que vc estuda durante esse horário?

Existem três pontos fundamentais para criar um cronograma de estudos

  1. Quais são as provas mais importantes?

Quando falamos em concurso, vestibular, Enem, enfim, estamos falando de estratégia. É impossível estudar tudo de tudo, deu para entender? Haha Não existe tempo hábil para estudar e revisar tudo, a não ser que você esteja se programando para fazer essa prova daqui a três anos, por exemplo. O que não é a realidade da maioria dos estudantes né? o aluno começa o ano se preparando as provas que vão acontecer no decorrer daquele ano. Então o tempo é fundamental nesse quesito.  Portanto, é importante saber quais provas valem mais e quais são mais importantes no seu estudo.

  1. Quais conteúdos mais recorrentes?

Por que preciso saber quais conteúdos são mais recorrentes? Porque serão por eles que você vai iniciar o seu estudo.

Você só começa a estudar o que não é tão recorrente, se o assunto for base de estudo para o assunto que é recorrente, entendeu? Caso contrário, é preciso dominar os assuntos que mais caem na determinada prova, você precisa estar preparado. Na dúvida vá do macro para o micro.

  1. Onde você está no processo de aprendizado?

Se você for um aluno iniciante, você vai ter que voltar em assuntos básicos, embora os alunos mais avançados voltem para esses assuntos básicos, eles voltam de maneira mais rápida, como? Fazendo exercícios, ele não precisa estar afiado no ganho do conteúdo, basicamente só faz uma revisão.

Então caro colega iniciante, se você tem assuntos básicos que não domina, é melhor você começar por eles, e você é um aluno intermediário ou avançado, se não lembra de algum assunto básico, vale a pena fazer alguns exercícios para ativar sua memória.

Ei, mas nada impede o iniciante ir por esse caminho também viu? Até porque o aprendizado é individual, tem dicas para ajudar? Tem sim, mas cada cabeça funciona de uma maneira não é verdade?

A questão é seguinte, o ponto que você está, básico, intermediário ou avançado, vai determinar o quanto você precisa se empenhar para dominar determinados assuntos que são importantes e recorrentes para a provas.

Veja mais sobre cronograma de estudos:

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Ver Todas
Blog

Vem conferir os próximos vestibulares de medicina

Blog

Entenda tudo sobre a redação e tire nota 1000

Blog

Educação como investimento: Por que é importante investir na educação?

Cadastre-se e garanta o melhor guia
para a sua aprovação em medicina