Quais as melhores cidades para morar e estudar medicina?

Matérias
Reading Time: 3 minutes

Estudar Medicina na cidade onde mora pode não ser uma realidade para muita gente que se prepara para a graduação. Com o SISU, por exemplo, a facilidade para estudar em outro Estado é muito maior porque o sistema unificado promove a entrada em universidades públicas de todo o país. Mesmo nas universidades particulares, com os novos modelos de seleção, ter que estudar em outro Estado é uma realidade para muitos estudantes.

Vamos te dar dicas de algumas cidades bem bacanas para morar e estudar Medicina, porque você sabe que são seis anos de dedicação intensa e é necessário grande planejamento para fazer o curso com total tranquilidade. Se puder aliar uma boa escola de Medicina com uma cidade bem bacana…. melhor ainda!

Cidade grande ou no interior? Tudo isso pode influenciar na sua decisão. As grandes cidades oferecem maiores oportunidades, mas também há maior custo de vida, nas pequenas cidades o custo de vida pode ser menor, mas podem não oferecer boa estrutura. As chamadas ‘cidades universitárias’ são aquelas em que há muitos estudantes, principalmente, de outros lugares do país. Uma ótima oportunidade de interação com uma diversidade acadêmica. Vamos mostrar exemplos de cada uma delas.

Cidades grandes

Aqui temos os grandes polos das escolas do curso de Medicina. Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife e Salvador são consideradas capitais bastante movimentadas e possuem excelentes faculdades de Medicina. Tanto públicas quanto privadas.

Essas cidades oferecem muitas opções de hospedagem, restaurantes, baladas, etc. Mas o deslocamento é mais demorado e o custo de vida mais alto.

VEJA TAMBÉM:

A opção por uma grande cidade pode abrir portas para um futuro profissional mais consolidado e, principalmente, agilizar a participação nas seleções de residência médica, já que a maioria das vagas está nessas grandes cidades.

Cidades pequenas

Há cidades pequenas que possuem excelentes escolas de Medicina. Podemos citar cidades como Diamantina, em Minas Gerais, Vassouras, no Rio de Janeiro, Votupornaga, em São Paulo, e Sobral, no Ceará. São cidades que possuem um custo de vida menor, mas não garantem acesso à diversidade de opções de uma cidade grande.

Se você quer realmente ter um foco só nos estudos e não se importa tanto com outras questões, essas cidades podem ser ideais porque reúnem uma boa qualidade de vida, preços mais acessíveis de moradia, alimentação, etc e menos tempo gasto com deslocamentos.

Cidades universitárias

São chamadas cidades universitárias aquelas cujas universidades movimentam uma boa parte da população dos municípios. Estamos falando de cidades como São João Del Rey e Ouro Preto, em Minas Gerais; Santa Maria, no Rio Grande do Sul; Bauru, Limeira e Piracicaba, em São Paulo.

Estas cidades podem oferecer ótimas oportunidades de intercâmbios acadêmicos, contato com estudantes de várias partes do país e do mundo, além de muitos eventos sociais promovidos pelos próprios estudantes.

Não são cidades grandes, mas se diferenciam das cidades pequenas porque as universidades movimentam bastante a economia e a vida social. Nestes locais são oferecidas hospedagens mais baratas para estudantes em pensões e hostels. Sem falar nas famosas repúblicas que concentram grande parte dos estudantes.

Onde quer que você decida estudar Medicina, o importante é fazer planos realistas para cada tipo de cidade para aproveitar a graduação como uma fase, não só de crescimento profissional, mas pessoal também. Como fazer isso? Te damos algumas dicas:

  • Aproveite para fazer uma grande rede de contatos profissionais;
  • Participe dos diversos eventos científicos e sociais promovidos pela graduação em Medicina;
  • Curta a cultura local;
  • Faça dessa fase da vida inesquecível!

Veja também

Ver Todas
Matérias

Pipoca e controle na mão que vai começar o MEDFLIX

Notícias

Faculdade Pitágoras de Medicina oferta bolsas de estudo pela nota Enem

Notícias

UnirG divulga vestibular de medicina para 2022

Quer o MEM na palma da mão?