Capital ou interior? Qual o melhor local para se exercer a medicina?

Matérias
Reading Time: 3 minutes

O médico é um profissional necessário em todos os lugares. Nas cidades grandes, pequenas, zona rural, terras indígenas, enfim, trata-se de uma área de atuação de grande importância na promoção da saúde. Dados do E-mec apontam que 28% dos cursos de Medicina estão localizados nas capitais. Dos cursos presentes na capital, 40% são ofertados por IES públicas e 60% por IES privadas.

Já 72% dos cursos estão localizados no interior. 35% são da rede pública e 65% da rede privada. Já que a maioria dos cursos está no interior dos estados, onde atuar então? Para quem está se formando ou cursando residência fica a grande dúvida. Capital ou interior, onde é melhor trabalhar? Leia este post até o fim!

Porque ir para o interior?

Em outra matéria falamos sobre as melhores cidades para morar e estudar medicina. Agora focamos onde trabalhar.

As pequenas cidades são bastante carentes de assistência médica. Exercer a medicina no interior requer um trabalho muito abnegado, não só pelas distâncias percorridas, mas pela escassez de acesso a serviços mais especializados. Portanto, é um atendimento a uma parcela da população que está distante dos grandes centros e, muitas vezes, sem acesso fácil a um tratamento mais complexo.

Também há cidades no interior que possuem certa estrutura hospitalar e que pode ajudar muito no trabalho médico. Sem falar na melhoria da qualidade de vida e os custos de vida também. As cidades menores costumam ser mais baratas.

Uma vida relativamente mais tranquila é a grande vantagem de exercer a medicina no interior. Com relação ao salário, isso vai depender da atuação do médico se no setor público, privado e a carga horária.

Exercer a medicina no interior é apostar na prevenção. Isso significa atuar com questões como nutrição, estética, atividades físicas, cuidados com o sono, entre outras técnicas de prevenção. Fica mais fácil no interior o médico montar programas locais de estímulo ao bem-estar, promover eventos e palestras que podem integrar o médico à comunidade.

Morar ou só trabalhar no interior?

Se você mora em grandes cidades, pode trabalhar no interior sem, necessariamente, ter que se mudar. Isso é uma realidade para 27,4% dos médicos que trabalham na cidade onde moravam, mas também se deslocavam para trabalhar em outra cidade, de acordo com o estudo denominado “Demografia Médica no Brasil 2020”, coordenado pela Faculdade de Medicina da USP em parceria com o Conselho Federal de Medicina.

A busca por trabalho no interior pode ser uma estratégia para aplicar uma medicina mais humanizada, já que é possível fazer um acompanhamento mais próximo dos pacientes.

A medicina nas grandes cidades

Não é novidade que as grandes cidades oferecem mais oportunidades de crescimento para qualquer carreira profissional. Na medicina, principalmente nas capitais, é onde estão os centros de referência nas mais diversas especialidades.

Também é nas capitais que há uma quantidade muito maior de médicos. Ainda de acordo com o estudo “Demografia Médica no Brasil 2020”, 55,1% dos profissionais da medicina estão à disposição de 23,8% da população — que vive nas maiores cidades brasileiras. Isso significa que há uma maior concorrência.

Também já sabemos que o custo de vida nas capitais é bem mais alto do que no interior. A relação de rendimentos x despesas também deve ser levado em consideração no campo de atuação. Dentro das especialidades médicas é importante se aperfeiçoar naquela em que há mais carência onde se pretende atuar.

 

Interior com jeito de cidade grande

As escolas médicas estão distribuídas por todo o país e o número de vagas nos últimos 20 anos deu um salto expressivo: se no ano 2001 eram 11.541 vagas, em 2021 esse número saltou para 39.077. Muitas dessas vagas estão no interior em instituições públicas e privadas.

Há cidades no interior que têm ótima estrutura de trabalho e para estudar, com jeito de lugar grande. Podemos citar a cidade de Campinas, em São Paulo, e cidades que abrigam excelentes escolas médicas, como Viçosa, em Minas Gerais, e Uruguaiana, no Rio Grande do Sul.

 

Dicas para fazer sua escolha pela capital ou interior

O médico é essencial em qualquer lugar. Mas o profissional tem que está satisfeito no local que atua para prestar o melhor atendimento possível. Vamos te dar algumas dicas para sua escolha ficar mais fácil.

  • Faça uma pesquisa e leia bastante sobre todas as suas possibilidades, refletindo os prós e contras de cada local;
  • Não fique preso às opiniões de outras pessoas que não trabalham na área. Procure ouvir, por exemplo, o ponto de vista de pessoas que já atuam na sua área de interesse, tanto nas capitais quanto no interior.
  • Pense no seu público ou intenção de lidar com determinado perfil de paciente.
  • Se você optar por exercer a profissão no interior, foque nos concursos para hospitais de pequenas cidades. A concorrência não costuma ser tão grande e os salários podem ser bem altos.

Veja também

Ver Todas
Matérias

Pipoca e controle na mão que vai começar o MEDFLIX

Notícias

Faculdade Pitágoras de Medicina oferta bolsas de estudo pela nota Enem

Notícias

UnirG divulga vestibular de medicina para 2022

Quer o MEM na palma da mão?