Internato em medicina: É a melhor fase do curso?

Notícias
Reading Time: 2 minutes

Todo mediciner que tá ai vivendo a sua jornada dentro do curso já se preocupou ou ainda se preocupa com o momento que irá chegar o internato em medicina. Essa etapa do curso é um momento é essencial para desenvolver de forma prática o aprendizado dos estudantes que estão no final do curso. A realização da atividade é regulamentada pelo Conselho Nacional de Educação e desenvolvida em unidades de saúde da própria universidade ou de parceiros.

Há quem pense que essa atividade é como um estagio e sim, é, porém sem toda a parte da remuneração.

O que de fato é o internato em Medicina?

Internato em Medicina diz respeito a um estágio curricular obrigatório, realizado nos dois últimos períodos do curso. Essa etapa permite que os estudantes adquiram aprendizado prático e cotidiano da profissão ao exercerem atividades em unidades de saúde como hospitais, ambulatórios e clínicas credenciadas à instituição de ensino. Tudo é desenvolvido com a supervisão de profissionais experientes.

Durante o internato, os estudantes desenvolvem atividades médicas em casos reais. Os internos são autorizados a sugerir soluções, mas não possuem autonomia para tomada de decisões sobre os casos, ainda que em situações aparentemente simples. O parecer final fica ao encargo de médicos e residentes.

A carga horária do internato de Medicina

O número de horas de atividade no internato não pode ultrapassar 40 horas semanais. A definição de como as tarefas serão distribuídas varia e, em geral, engloba ocupações em enfermarias, ambulatórios, estudos teóricos e plantões nas áreas de urgência e emergência. A duração do internato de Medicina é pelo menos 35% da carga horária total do curso.

Tudo que você precisa entender sobre residência médica

Diferença entre internato em Medicina e residência médica

Quem pensa em ingressar no curso, é possível que surja a dúvida sobre a diferença entre o internato em Medicina e a residência médica. Tratam-se de duas etapas distintas. O internato faz parte da graduação em Medicina, já a residência médica é realizada após a formação do curso e quando o médico tem registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) da sua região.

Enquanto no internato o estudante está nos últimos anos do curso de Medicina, na residência o médico participa de uma pós-graduação na forma de especialização. Outra diferença é que internato é uma etapa obrigatória desde 1969, para a formação médica. A residência, por outro lado, é opcional e, caso não seja realizada, o médico pode atuar como generalista.

Vídeo: Conheça as melhores escolas medica do Brasil 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Ver Todas
Blog

Vem conferir os próximos vestibulares de medicina

Blog

Entenda tudo sobre a redação e tire nota 1000

Blog

Educação como investimento: Por que é importante investir na educação?

Cadastre-se e garanta o melhor guia
para a sua aprovação em medicina