Otan convida Finlândia e Suécia para aliança

Notícias
Reading Time: 2 minutes

Em um passo histórico, a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) anunciou nesta quarta-feira (29) que convidou formalmente a Finlândia e a Suécia para fazer parte da aliança militar ocidental.

Com o movimento, o provável ingresso dos dois países coloca a Otan em uma proximidade territorial sem precedentes com a Rússia, que atacou a Ucrânia sob o argumento de que a aliança ocidental se aproximava demais de seu país. Só a Finlândia tem uma fronteira de mais de 1,3 quilômetros de extensão com o território russo.

As portas para o convite, formalizado nesta manhã por Stoltenberg, já haviam sido abertas na noite de terça-feira (28), quando a Turquia, país membro que travava a entrada dos países nórdicos no bloco, mudou de posição após negociações na capital espanhola. O presidente turco, Tayip Erdogan, acusa os governos finlandês e sueco de dar asilo a cidadãos turcos considerados terroristas por Ancara, o que ambos os países negam.

A Rússia, tema central da cúpula que a Otan realiza esta semana na capital espanhola, já havia prometido retaliações “sem precedentes” caso os dois países nórdicos ingressem na aliança militar do Ocidente.

Entendendo sobre a Otan

Otan é a abreviação da Organização do Tratado do Atlântico Norte, também conhecida como Aliança Atlântica que foi fundada em Washington, capital dos Estados Unidos, em 4 de Abril de 1949.

É uma aliança político-militar intergovernamental que possui 30 membros integrantes cooperando entre si, e o principal objetivo dessa aliança é garantir a segurança dos países que são membros da Otan.

E quais países fazem parte?

Albânia, Alemanha, Bélgica, Bulgária, Canadá, Chéquia, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estados Unidos, Estónia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Macedónia do Norte, Montenegro, Noruega, Países Baixos, Polónia, Portugal, Reino Unido, Roménia, Turquia e agora Finlândia e Suécia.

As ações diplomáticas da Otan mantém de forma direta ou indireta a segurança e a prevenção de conflitos desses países que fazem parte do grupo, porém também podem intervir entre conflitos com países que não fazem parte da Otan,  como podemos ver de forma bem prática, a situação da guerra na Ucrânia.

Qual a relação do Brasil com a Otan?

Apesar do nosso país ter diversos contatos com países da Otan, ele não está inserido nesse grupo. O Brasil é aliado preferencial extra Otan. O que isso quer dizer?

Países que estão inseridos nessa nomenclatura trabalham em cooperação com a Otan e podem ter um certo benefício, podendo ser um acesso mais fácil em determinadas situações, por exemplo, o comércio bélico. Relações comerciais entre esses países são mais fáceis, outro exemplo aqui na América do Sul é a Argentina, que também é aliada preferencial.

A Otan é muito importante para geopolítica e consequentemente para economia, já que essa política acaba influenciando diretamente nos processos econômicos do mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Ver Todas
Blog

Vem conferir os próximos vestibulares de medicina

Blog

Entenda tudo sobre a redação e tire nota 1000

Blog

Educação como investimento: Por que é importante investir na educação?

Cadastre-se e garanta o melhor guia
para a sua aprovação em medicina